Covas sanciona proibição de canudo de plástico em São Paulo

Por Metro Jornal

O prefeito Bruno Covas (PSDB) sancionou o projeto de lei que proíbe o fornecimento de canudos de plástico na cidade de São Paulo.

O PL 99/2018, de autoria do vereador Reginaldo Tripoli (PV), permitem papel reciclável, material comestível, ou biodegradável, embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados feitos do mesmo material.

Leia também:
Casa Abrigo do ABC tem corte de verba e mulheres protestam
Polícia ainda procura homem que atirou em agentes em São Paulo

O descumprimeto da lei pode, inicialmente, resultar em advertência. Na segunda autuação, o estabelecimento receberá uma multa de R$ 1 mil. Na terceira, o valor da multa dobra e assim sucessivamente até a quinta autuação, no valor de R$ 4 mil. A sexta autuação estabelece multa no valor de R$ 8 mil, além do fechamento administrativo.

A partir de agora, a prefeitura terá 180 dias para regulamentar a proibição.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo