Tempo seco favorece doenças como rinite e sinusite

Por Metro Jornal

Quando se fala dos efeitos de tempo seco e frio na saúde, rinite e sinusite logo vêm à cabeça. E, de fato, a incidência dessas doenças aumenta com a baixa umidade do ar, a poeira e o frio.

Segundo o otorrinolaringologista Richard Voegels, professor da Faculdade de Medicina da USP, a baixa umidade do ar resseca a mucosa do organismo, primeira defesa contra vírus e bactérias.

Leia mais:
Confira a previsão do tempo para o primeiro dia do Inverno 2019
O Robocop da vida real já está nas ruas e não se parece em nada com o do cinema

Por isso, os sintomas da sinusite surgem: dor de cabeça na altura dos olhos, principalmente pela manhã, sensibilidade à luz e obstrução nasal. Já a rinite aparece com coriza, coceira no nariz e espirros.

Para não haver agravamento de problemas pulmonares e nasais, o coordenador do Ambulatório de Alergia em Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da FMUSP, João Mello, recomenda cuidados simples.

“É importante que o ambiente esteja umidificado para que não haja o ressecamento das vias aéreas e que a pessoa ingira bastante líquido.” Para alívio das vias respiratórias, Voegels recomenta lavar o nariz com soro fisiológico.

Essa medida também pode evitar sangramento nasal, comum na época porque, segundo Mello, as vias aéreas, que já estão sensíveis e ressecadas com o ar seco, acabam sofrendo com pequenos traumas.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo