Mundo teve mais de 70 milhões de refugiados e deslocados em 2018, diz ONU

Por Sandro Badaró - BandNews FM

Guerras, conflitos políticos e ataques aos direitos humanos levaram mais de 70 milhões de pessoas a fugir de casa para salvar a própria vida no ano passado. É o que revela a pesquisa Tendências Globais 2018 da ONU, divulgada nesta quarta-feira (19).

Todos os dias, cerca de 37 mil pessoas abandonaram tudo em busca de um local mais seguro para viver. Praticamente um a cada dez refugiados saíram da Síria (6,7 milhões), seguida pelo Afeganistão (2,7 milhões), Sudão do Sul (2,3 milhões), Mianmar (1,1 milhão) e Somália (0,95 milhão). Metade dos imigrantes tem menos de 18 anos.

Veja também:
Moro vai ao Senado se defender de acusações após ter mensagens privadas divulgadas
Najila perdeu o celular após primeiro depoimento, diz advogado

O Brasil é o 6º país que mais recebe pedidos de refúgio no mundo. Em entrevista à Rádio BandNews FM, o porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados no Brasil, Luiz Fernando Godinho, ressalta que o levantamento trata apenas das pessoas que foram obrigadas a fugir de conflitos antigos ou recentes.

Ele lembra que os venezuelanos continuam chegando, todo os dias, à fronteira brasileira e considera majoritariamente positiva a acolhida que eles recebem. No entanto, a questão precisa sempre estar na pauta das autoridades.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo