Professor de kung fu é acusado de abusar sexualmente de alunas durante as aulas

Por Metro Jornal

Um professor de kung fu está sendo acusado de abusar sexualmente de seis alunas em uma academia de artes marciais na zona leste de São Paulo.

As denúncias são de mulheres com idades entre 20 e 30 anos — além de uma criança de 11 anos. Segundo elas, os abusos teriam ocorrido desde 2014 durante as aulas.

De acordo com o portal G1, as alunas criaram um grupo para compartilhar informações e mais denúncias podem surgir.

O caso está sendo investigado no 30º Distrito Policial (DP) do Tatuapé. O suspeito teve a prisão temporária decretada.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo