Jovem presa por engano ao ser confundida com irmã é solta no RJ

Por Metro Jornal

A esteticista Danielle Estevão Fortes, de 26 anos foi solta nesta terça-feira (27), após passar 11 dias numa prisão do Rio de Janeiro sem ter cometido crime algum.

A jovem foi confundida com sua irmã mais nova, Daniela Estevão Fortes, suspeita da participação em dois assaltos. Durante um deles, em junho de 2018, Daniela foi gravada por uma câmera de segurança, cuja imagem foi suficiente para confundir a polícia.

LEIA MAIS:
Carreta derruba ácido industrial em trevo de acesso à rodovia Castello Branco
Pesquisa mostra que 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte

A equipe de investigação do 59ª DP, de Caxias, apontou Danielle como autora dos crimes, e a deteve em prisão preventiva quando à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense. Ela pretendia depor enquanto testemunha, no caso do assassinato de um de seus irmãos.

Após emissão de sua ordem de soltura pelo Tribunal de Justiça, mais um erro atrasou a saída da esteticista. No alvará que a libertaria, haviam erros de digitação: seu nome constava como Danielle Esteves, não Estevão, além de um dígito errado em seu número de RG.

Finalmente, nesta terça-feira, a moça conseguiu sua liberdade, sendo recebida pela família na porta do presídio.

Danielle foi presa em 7 de junho e, a partir de então, passou 11 dias na penitenciária Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo