Idosa de 63 anos é arrastada por carro enquanto vendia balões

Por Metro Jornal

Uma idosa foi arrastada por um carro por cerca de 100 metros enquanto vendia balões em frente a um colégio em Taguatinga Sul, em Brasília. O caso aconteceu na noite de sábado (15). Marina Izidoro de Morais, de 63 anos, sofreu diversas escoriações e teve de ser levada para um hospital da região.

Em entrevista ao jornal Correio Braziliense, ela contou estava vendendo balões quando um veículo Mercedes-Benz, de cor branca, se aproximou e pediu para comprar alguns. "A mulher, que estava no passageiro, perguntou o valor. Quando eu disse, ela pediu um desconto e, como já era o fim do evento, disse que fazia a R$ 10. Mesmo assim, ela não quis. Então, expliquei que eu revendo os balões e, por isso, não tinha como descer o preço. Aí, eles ficaram reclamando."

Leia também:
‘O negócio foi puxado’, relembra Gloria Maria sobre viagem à Jamaica
Shopping em São Paulo recebe doações de leite em pó para crianças com HIV

Segundo a idosa, a mulher que estava no banco do passageiro disse que iria levar três balões. Quando ela se abaixou para pegar os produtos, que estavam amarrados em seu braço, a mulher agarrou as cordas, fechou o vidro e o motorista arrancou com o carro.

Depois de arrastar Marina pelo asfalto, o veículo fugiu do local. Testemunhas acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, que prestou os primeiros socorros a Marina. A Polícia Civil do Distrito Federal irá investigar o caso, que foi registrado como lesão corporal.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo