Nas redes sociais, reações à Greve Geral demonstram polarização; veja opiniões contra e a favor

Por Metro Jornal

O 14 de julho foi marcado por uma série de manifestações de sindicatos, movimentos sociais e estudantis pelo Brasil.

Com a adesão de trabalhadores de diferentes categorias, serviços como transporte público ficaram prejudicados durante todo o dia. Escolas e universidades públicas e privadas também registraram aderência à greve.

LEIA TAMBÉM:
Greve Geral: atenção, rodízio está valendo em São Paulo
Greve Geral: avenida Paulista é interditada por manifestantes

Nas redes sociais, a Greve Geral suscitou reações extremas do lado apoiador, e daqueles que rejeitam o movimento, suas estratégias e pautas.

Durante o dia, hashtags em apoio e oposição também lideraram os tópicos mais comentados no Twitter. #AGreveFoiUmFiasco foi utilizada por opositores, que questionam o real impacto e também a adesão de trabalhadores e movimentos à greve. Já a #DemitaOGrevista, menos popular porém também difundida, pede à empresários e órgãos oficiais a demissão de funcionários que tenham aderido ao movimento.

Do lado a favor, #BrasilBarraReforma comemora os resultados das manifestações desta sexta, que tem como pauta a oposição à proposta do Governo federal de reforma na Previdência.

Confira, a seguir, exemplos de algumas das frases e posicionamentos mais reproduzidos nas redes sociais nesta sexta-feira.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo