Por venda de combustível adulterado, quatro postos são interditados em São Paulo

Por Metro Jornal

Quatro postos que vendiam combustível adulterado e com fraudes volumétricas foram interditados em São Paulo somente neste mês.

Nesta quinta-feira (13), um dos alvos foi o Auto Posto Cidade Dois Ltda. (rua do Glicério, 388 – Centro). Segundo o Fisco paulista, o estabelecimento vem descumprindo a legislação desde maio de 2018, quando foi flagrado por fraude volumétrica e insiste na retomada das atividades sem permissão do Estado.

Já na zona norte, o posto MCX da Vila Maria Ltda. (rua Maria Cândida, 1.246 – Vila Guilherme) estava com a inscrição estadual cassada por vender combustível adulterado e teve suas bombas lacradas também nesta quinta.

Leia também:

Dois outros estabelecimentos tiveram suas bombas removidas por retomar a atividade sem permissão de funcionamento.

No último dia 6, o Auto Posto M & M Ltda. (avenida Casa Verde, 2305 – Casa Verde) teve suas bombas removidas, pois estava com a inscrição cassada desde fevereiro deste ano por fraude volumétrica. Como os sócios romperam duas vezes os lacres das bombas e voltaram a funcionar irregularmente, o Fisco adotou a medida para remoção das bombas.

Outro que foi alvo da medida neste mês foi o Auto Posto Scan Leste I Ltda. Na quarta-feira (12), com a insistência no comércio ilegal, enquanto o Fisco paulista providenciava a segunda remoção das bombas, a Polícia Civil, conduziu os funcionários que estavam no local até a delegacia para prestar depoimento, visto que o posto revendedor continuava em atividade mesmo sem Inscrição Estadual.

O posto teve as bombas lacradas pelo Fisco paulista duas vezes em 2018 (agosto e novembro) por não apresentar os documentos para a renovação de sua inscrição estadual e também foi cassado por fraude metrológica na revenda de combustíveis.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo