Greve Geral: Metalúrgicos não farão ato no ABC e orientam trabalhadores a nem saírem de casa

Por Metro Jornal

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC orientou os trabalhadores das cidades de São Bernardo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra a nem saírem de casa para trabalhar nesta sexta-feira (14), dia de Greve Geral.

Segundo o secretário-geral do sindicato, Aroaldo Oliveira da Silva, a categoria não irá fazer atos de rua na região e os funcionários receberam a instrução de não comparecer às fábricas.

Leia mais:
Greve Geral: O que pode acontecer se eu faltar no trabalho?
Greve Geral: ‘É dia de ficar em casa’, diz presidente nacional da CUT
Greve Geral: Saiba onde e que horas terá manifestação em São Paulo
Greve Geral: Metrô e CPTM conseguem liminar para suspender paralisação
Greve Geral: Professores de escolas particulares de SP também confirmam paralisação; veja a lista

Leia mais:

Contrária à reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL), a categoria tem se mobilizado por meio de oficinas, assembleias em portas de fábrica e conversas com trabalhadores. Nesta quinta (13), por exemplo, foi realizada uma assembleia na Mercedes-Benz e na Scania, em São Bernardo, e na Apis Delta e Isringhausen, em Diadema.

“Os metalúrgicos têm clareza de que a reforma da Previdência representa o fim do direito à aposentadoria depois de uma vida inteira de trabalho”, declarou o presidente do sindicato, Wagner Santana.

Nesta sexta-feira, são esperadas manifestações em diversos pontos da capital paulista. A principal está marcada para as 16h, no Masp (Museu de Arte de São Paulo, na avenida Paulista.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo