Prefeitura de São Paulo cumpriu apenas 7 de 53 metas originais da gestão

Por Metro Jornal

Um levantamento da Rede Nossa São Paulo divulgado nesta terça-feira (11) aponta que a Prefeitura de São Paulo cumpriu apenas sete metas de seu plano de governo original. A gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB) termina no fim do ano que vem.

O número equivale a 13% das 53 metas apresentadas pela gestão de João Doria (PSDB e atual governador do Estado) em 2017. O programa foi revisado por Covas em abril deste ano, ampliando o número de metas para 71 – o estudo, porém, considera o documento original.

Segundo o levantamento, outras 27 metas estão em fase de execução. Delas, apenas três apresentam progresso de mais de 75%. Seis ficam entre 50% e 75% e outras 18 estão abaixo de 50%.

Veja também:
‘Meu pai tem ciúme possessivo, doentio. Odeia mulheres’, diz namorada de Rafael Miguel
Procon-SP multa Enel em R$ 5 milhões por problemas na cobrança da conta de luz

Segundo a Rede Nossa São Paulo, pouco mais de um terço das metas da prefeitura não apresentaram nenhum resultado à população paulistana. “13 delas ainda estão sem informação disponível e 6 estão com execução em 0%”, diz a nota.

A área principal atingida por metas sem progresso é de Gestão. Entre elas estão “Aumentar em 20% (R$ 224,58), no período de 2017 a 2020, o investimento público per capita médio em relação ao período de 2013 e 2016”; e “Reduzir de 90 para 70 dias o tempo médio de atendimento dos cinco principais serviços solicitados às Prefeituras Regionais, em relação aos últimos quatro anos”.

Outro lado

Em nota, a Prefeitura de São Paulo reforçou que o programa de metas foi revisado e apresentado em abril, com alterações causadas por mudanças nos cenários “político, orçamentário, financeiro ou administrativo”. A readequação, segundo o município, está prevista por lei e foi amplamente comunicada à população.

A administração esclarece ainda que, do plano de governo original, 16 metas foram incorporadas às 71 apresentadas no novo documento. Outras oito foram “incorporadas e ampliadas” e duas “parcialmente adotadas”.

“Das restantes, 20 tiveram o escopo alterado e as outras sete já foram concluídas”, diz a nota.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo