Greve Geral: Metrô, CPTM e ônibus vão parar na sexta-feira?

Por Metro Jornal

Quem depende de transporte público tem os próximos dias para se planejar. Os principais meios de mobilidade da capital paulista irão aderir à Greve Geral nesta sexta-feira (14). A informação foi divulgada pelos sindicatos que representam as categorias e pela CUT (Central Única dos Trabalhadores).

Uma reunião na sede do SindMotoristas (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo), que contou com representantes de várias centrais e sindicatos de motoristas, metroviários, ferroviários e rodoviários, decidiu pela paralisação de 24 horas dos serviços.

Bancários, metalúrgicos e professores também deverão suspender as atividades na sexta-feira.

As categorias protestam contra o projeto de reforma da Previdência e os cortes na educação do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Leia mais:

Veja quais linhas serão afetadas pela paralisação:

Metrô

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo já havia decidido pela greve no último dia 6. Serão afetadas as linhas: 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. As linhas 4-Amarela e 5-Lilás são operadas pela iniciativa privada e, portanto, devem funcionar normalmente. Na quinta-feira (13), a categoria fará nova assembleia para a organização final da greve.

CPTM

Cinco das sete linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) irão parar: 8-Diamante, 9-Esmeralda, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade; além do monotrilho, linha 15-Prata.

Ônibus

Motoristas dos ônibus das linhas municipais e intermunicipais da capital paulista anunciaram a adesão à mobilização.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo