Assassino de Rafael Miguel pode se entregar à polícia ainda nesta semana

Por Rádio Bandeirantes

O advogado do comerciante que matou Rafael Miguel e os pais do ator está em negociação para que ele se entregue à polícia ainda esta semana. Paulo Cupertino Matias está foragido desde o último domingo (9), quando cometeu o crime.

A ficha de Matias aponta ao menos nove crimes registrados entre 1990 e 1999, entre eles, roubo a banco.

Leia mais:
Namorada depõe sobre o assassinato de ator Rafael Henrique Miguel
Morte do ator Rafael: ‘pai era controlador e não aceitava relacionamento’, diz delegado

O delegado Seccional da Zona Sul de São Paulo Fernando Bessa acompanhou os depoimentos da ex-namorada do ator, da esposa e do irmão do comerciante. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, ele detalhou como aconteceram os assassinatos e destacou que o pai era possessivo.

No depoimento, a namorada do ator, Isabela Tibcherani, relatou que os dois estavam voltando pra casa dela, em Pedreira, na zona sul de São Paulo. No carro, estavam os pais dele: João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. Ela disse que o namorado e os pais estacionaram o carro e a acompanharam até o portão de casa, quando ali foram surpreendidos.

O enterro aconteceu na tarde desta segunda-feira (10) no Cemitério Campo Grande. Prima da família, Maria do Carmo, afirma que a intenção de Rafael era levar os pais dele para conhecer Paulo Cupertino Matias. Segundo ela, o objetivo era transmitir confiança ao pai de Isabela para que pudesse permitir o namoro.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo