Senado deve derrubar parte das propostas que alteram o Código de Trânsito

Por Metro Jornal, com BandNews FM

O Senado deve derrubar parte das propostas do governo que alteram o Código de Trânsito Brasileiro. Segundo a colunista da BandNews FM Mônica Bergamo, os senadores receberam o projeto com resistência e o presidente da casa, Davi Alcolumbre, já encomendou um parecer sobre as alterações previstas.

A BandNews FM conversou com o Observatório Nacional de Segurança Viária, que analisa o projeto e avalia os pontos positivos e negativos. O presidente da organização, José Aurélio Ramalho, ressalta que o mais importante para evitar mortes no trânsito é ter uma fiscalização eficiente.

Ele explica que o Observatório quer participar de forma propositiva, pensando em alternativas aos trechos que considerar que devem ser revistos.

Leia mais:

Para Ramalho, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) está preocupado em trazer modernidade para o Código de Trânsito Brasileiro, mas não dá para abrir mão da segurança. "Basta lembrar que o Brasil mata 10 CTs do Flamengo [em referência ao incêndio no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, em fevereiro deste ano] por dia no trânsito. São mais de 110 pessoas por dia. Você já imaginou se todos os dias o noticiário desse que nós tivemos 110 mortos em uma queda de avião, hoje? Amanhã, de novo? Certamente, no quarto dia o Brasil entraria em colapso e todo mundo iria parar para ver isso. E é exatamente o que acontece no trânsito, só que, infelizmente, a gente não tem essa visão."

Entre outras alterações, projeto de lei, apresentado por Bolsonaro à Câmara dos Deputados, prevê o fim da multa para quem transportar crianças de até sete anos sem cadeirinha. O presidente do Observatório acredita que por uma questão cultural, "se você não aplicar a multa, não [fizer o motorista] colocar a mão no bolso", vai ser muito mais difícil mudar a realidade no trânsito.

No Congresso, parlamentares tem afirmado, nos bastidores, que esse ponto deve ser rejeitado. Na transmissão semanal que faz ao vivo na internet, o presidente Jair Bolsonaro defendeu as mudanças nas leis de trânsito, inclusive o trecho que diz respeito ao uso da cadeirinha.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo