Pais de alunos que agrediram professoras em Carapicuíba terão que pagar por danos à escola, diz secretário

Por Lucas Jozino - Rádio Bandeirantes

As famílias dos alunos que agrediram duas professoras em Carapicuíba, na Grande São Paulo, serão responsabilizadas pelos danos à escola Maria de Lourdes Teixeira. A afirmação é do secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, entrevistado com exclusividade na Rádio Bandeirantes.

Nove estudantes, entre 12 e 15 anos, arremessaram livros e carteiras nas docentes e gravaram as cenas com um celular. Os alunos estão suspensos e serão transferidos para outra unidade de ensino.

Veja também:
Ginásio do Ibirapuera será concedido à iniciativa privada por 35 anos
Acidentes com patinete em São Paulo somam 274

Na terça-feira (4), todos os envolvidos foram ouvidos pela promotora Tatiane Villaverde, no MP-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo). Os estudantes foram levados à Vara da Infância e o juiz definiu pela apreensão de três deles. Os outros seis foram liberados e devolvidos aos pais.

Segundo o secretário Rossieli Soares, a responsabilidade pela educação não é apenas da escola e, por isso, a punição será estendida aos pais.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo