Mutirões de limpeza em praias marcam Semana do Meio Ambiente no Rio

Por Agência Brasil

O início da Semana do Meio Ambiente foi marcado por mutirões de limpezas em praias do Rio de Janeiro neste final de semana. Organizações não governamentais promoveram ações em locais como Prainha, Recreio dos Bandeirantes e Praia Vermelha.

Na Praia Vermelha, na zona sul da cidade, um grupo de 20 mergulhadores fizeram na manhã de hoje (2) um mutirão de limpeza subaquática, para retirar pedaços de plástico e restos de material de pesca.

Segundo João Gonçalves, da organização não governamental internacional Proteção Animal Mundial (World Animal Protection), os restos de material de pesca são um grande problema para a vida marinha, porque continuam provocando danos a milhares de animais mesmo depois de terem sido descartados ou perdidos pelos pescadores.

“Só de redes de pesca, são perdidos ou abandonados cerca de 580 quilos por dia no Brasil. Isso impacta, em média, 69 mil animais marinhos por dia. É um número muito grande. Tem toda uma fauna marinha sendo impactada por esse material e pela poluição plástica nos oceanos, em geral”, disse.

Além de restos de apetrechos de pesca, os mergulhadores retiraram hoje das águas da Praia Vermelha lixos como pacotes de biscoito, copos plásticos e até preservativos. A Semana do Meio Ambiente é comemorada no Brasil por causa do Dia Mundial do Meio Ambiente, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e celebrado em 5 de junho desde 1974.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo