Após três meses de alta, desemprego recua e afeta 13,2 milhões de brasileiros

Por Metro Jornal

O Brasil fechou o trimestre encerrado no mês de abril com 13,2 milhões de brasileiros desempregados. A taxa, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (31), recuou 0,2 ponto percentual, atingindo 12,5%.

A queda é a primeira registrada pelo instituto desde o início do governo de Jair Bolsonaro. Até março, a taxa de desemprego havia subido 1,1 ponto percentual comparado ao índice de dezembro do ano passado. No mesmo trimestre do ano passado, a taxa era de 12,9%.

Veja também:
Eduardo Cunha é transferido para presídio no Rio; político está preso há 2 anos e 7 meses
Bebê é levado de maternidade em baú de moto por funcionária

Já os considerados ocupados no Brasil, de acordo com o IBGE, são 92,4 milhões – 502 mil pessoas a mais do que no trimestre terminado em março. Entre elas, 33,1 milhões possuem carteira assinada.

Já os desalentados – pessoas que desistiram de procurar emprego – são 4,9 milhões. Há ainda 7 milhões de pessoas consideradas subocupadas – que fazem bicos ou trabalhos com carga inferior a 40 horas semanais.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo