Prefeito do Rio, Crivella diz que Ciclovia Tim Maia deveria se chamar Vasco da Gama: 'vive caindo'

Por Metro Jornal

O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (PRB) fez piada nesta terça-feira (28) com as falhas na estrutura da Ciclovia Tim Maia, passagem suspensa formada por dois túneis, dois elevados e uma ponte. Nos últimos três anos, a ciclovia desabou três vezes – levando o próprio Crivella a prometer, anteriormente, que em 2019 ela não cairia.

Participando de evento para promover o Táxi Rio, no Palácio da Cidade, o pastor iniciou conversa com taxistas, perguntando o time de futebol para qual cada um torcia. Crivella então tocou no nome do Clube de Regatas Vasco da Gama, e brincou: "Tem muito vascaíno aqui, não? Eu queria até consultar vocês. O pessoal está me sugerindo aqui de colocar o nome da Ciclovia de Vasco da Gama. Tá caindo muito".

LEIA MAIS:
STF proíbe que grávidas e lactantes façam trabalho insalubre
Collor é denunciado no STF por atuação em contratos fraudulentos

A frase pegou mal com oposicionistas do prefeito, como o deputado Alessandro Molon, do PSB. "Com não tem vergonha de dizer uma coisa dessas, prefeito? Duas pessoas já morreram em desabamento da ciclovia em 2016", lembrou, referindo-se à primeira queda da Ciclovia. "Piada de péssimo gosto, como todo o seu governo, numa demonstração de completa insensibilidade. Em vez de fazer graça, poderia fazer algo de verdade pelo Rio!"

O Vasco da Gama também se posicionou, em nota, e repudiou a declaração. Confira:

O Club de Regatas Vasco da Gama repudia a descabida declaração do prefeito Marcelo Crivella e lamenta que o chefe do Poder Executivo Municipal, eleito para zelar pelo bem público e, sobretudo, pela vida dos cidadãos, tenha se referido de forma tão desrespeitosa a uma tragédia com perdas humanas. O Vasco da Gama se solidariza com os parentes e amigos das vítimas da queda da ciclovia Tim Maia.

 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo