Prefeitura vai demorar até 10 dias para reverter mudanças no vale-transporte

Por Metro Jornal

A Prefeitura de São Paulo informou que vai demorar até 10 dias para conseguir reverter as mudanças feitas neste ano no uso do vale-transporte após imposição do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo).

Na segunda-feira (27), uma decisão judicial suspendeu a portaria municipal que limitou o número de embarques de usuários com o benefício – são dois a cada três horas, ao contrário da tarifa comum, que permite quatro ônibus no mesmo período.

Veja também:
Aeroclube de São Paulo terá que desocupar área do aeroporto Campo de Marte
Pichadores e grafiteiros invadem estação do Metrô e vandalizam trem; quatro são presos

De acordo com o prefeito Bruno Covas (PSDB), a administração ainda não foi notificada oficialmente. A prefeitura pretende recorrer da decisão, que prevê multa diária de R$ 50 mil por descumprimento.

Outro ponto que deve ser revertido com nova decisão judicial é a cobrança de tarifa maior às empresas que pagam o vale-transporte. Neste ano, a tarifa cobrada para esta modalidade passou para R$ 4,57 – sendo R$ 0,27 o excedente à tarifa comum, de R$ 4,30.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo