É doença! OMS oficializa 'vício em games' como distúrbio de saúde

Por Metro Jornal

No sábado (25), a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou uma revisão da Classificação Internacional de Doenças (ICD). A partir dela, nasce a versão de número 11, que traz, entre as novidades, a adição do "vício em games" à lista de doenças modernas.

A "gaming disorder", algo como "distúrbio de jogar", é classificada como distúrbio de saúde. Esta classificação coloca-a dentro da categoria das doenças causadas por "uso de substâncias ou comportamentos viciantes" – lado a lado com o alcoolismo, o vício em apostas, ou as drogas.

De acordo com a OMS, o vício em games se caracteriza por um padrão recorrente ou persistente relacionado a jogos digitais ou videogames, que pode acontecer online ou offline.

Entre os "sintomas", estão a falta de autocontrole sobre o ato de jogar, e a priorização excessiva dos games, mesmo frente à atividades essenciais para a vida, como comer ou dormir.

Para identificar o distúrbio, deve-se prestar atenção na frequência, intensidade, duração das sessões de jogo, finalização (espontânea ou forçada, por exemplo), e contexto. Quando estes padrões de comportamento persistem por cerca de um ano ou mais, é sinal de que algo está errado.

A Organização ainda afirma que aqueles que possuem o vício podem prejudicar suas vidas em todos os âmbitos: pessoal, familiar, ocupacional, profissional e social.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo