Muro de vidro da USP: Placas quebradas são trocadas

Por Metro Jornal

Os painéis de vidros quebrados no muro que separa a marginal Pinheiros (zona oeste) da raia olímpica da USP (Universidade de São Paulo) foram trocados. Na manhã desta quarta-feira, novas placas já ocupavam os 14 espaços que estavam vazios desde o dia 3 de abril. A Prefeitura do Campus da USP não respondeu se foi responsável pela instalação dos novos painéis.

Parte do muro de vidro foi inaugurada em abril de 2018, em parceria entre universidade, prefeitura e empresas privadas. A construção segue inacabada e, em um ano, 31 placas já foram quebradas. Os motivos das rupturas ainda são inconclusivos.

A Prefeitura de São Paulo afirmou que não é responsável pela obra e que doou 84 câmeras à universidade para monitorar a área e ajudar a identificar as causas das quebras.  


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo