Bolsonaro muda presidente da Embratur 11 dias após nomeação

Por Metro Jornal

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), autarquia responsável por fomentar o turismo no Brasil, chega ao seu terceiro presidente desde a posse de Jair Bolsonaro. Nesta terça-feira (21), o Diário Oficial da União publicou a nomeação de Gilson Machado para o cargo.

O presidente anterior da empresa vinculada ao Ministério do Turismo, Paulo Roberto de Oliveira Senise, ocupava o cargo há apenas 11 dias. Ele teve sua nomeação anulada também nesta terça.

Veja também:
Taurus afirma que decreto de Bolsonaro libera venda de fuzil
Mostra gratuita em São Paulo reúne artistas para refletir o desenvolvimento sustentável

A primeira titular da Embratur no governo atual Teté Bezerra, pediu demissão em março. Na época, Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo no Facebook em que acusou Bezerra de usar verbas da empresa para custear um jantar de R$ 290 mil.

Gilson Machado atuava como secretário de Mudança do Clima e Florestas do Ministério do Meio Ambiente desde janeiro.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo