Proibição de motos na pista expressa da marginal Pinheiros começa nesta segunda

Por Metro Jornal

As motos estão proibidas de circular na pista expressa da marginal Pinheiros, no sentido rodovia Castello Branco, a partir desta segunda-feira (20), no trecho que vai da ponte Transamérica (zona sul) até 300 metros antes da ponte da Fepasa (zona oeste).

Pelos próximos 30 dias, a prefeitura vai apenas orientar os motociclistas, que já estão sendo alertados das mudanças no local desde fevereiro. Após esse período de adaptação, quem descumprir a regra será multado em R$ 130,16 e somará 4 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) – uma infração média.

A penalidade é a mesma aplicada ao motociclista que descumpre as restrições nas pistas expressa e central da marginal do Tietê – que valem desde 2010 e 2017.

Veja também:
Vale realiza obras para conter lama da barragem de Cocais
Janaina Paschoal se diz contra manifestação de apoio a Bolsonaro

A ideia da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) é fazer com que as motos reduzam a velocidade no trânsito, já que o limite na pista local (onde devem circular) varia entre 50 km/h e 60 km/h e na pista expressa (onde estão proibidas a partir de hoje), vai até 90 km/h.

A CET afirmou que “ao estimular o uso da pista local, espera proteger os motociclistas e poupar suas vidas”, reduzindo a gravidade dos acidentes com motos,

Dados da companhia mostram que o número de motociclistas mortos cresceu 17,7% na capital, passando de 311, em 2017, para 366, em 2018. Só na marginal Pinheiros foram dez óbitos de condutores de moto no ano passado.

motos na marginal pinheiros Bruno Rocha/Fotoarena/Folhapress

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo