Pai se entrega e admite ter matado filha e enteada em Guarulhos

Por Ricardo Valota - BandNews FM

Vai responder por duplo homicídio qualificado Clayton Almeida de Jesus, de 34 anos, que matou a filha e a enteada em Guarulhos, na Grande São Paulo. O assassino, que foi preso ontem na noite de quarta-feira (15) em Santos, litoral sul paulista, admitiu o crime, motivado por uma suposta traição da esposa.

As meninas foram mortas, a princípio, por asfixia, no apartamento da família, na Vila Carmela. Havia uma carta sobre os corpos, na qual Clayton afirmava ter cometido o crime. O enterro das crianças foi marcado para esta quinta-feira (16), na cidade de Guarulhos.

A filha do assassino, Priscilla Beatriz Tavares Almeida, tinha 3 anos; já a enteada, Edmilly Geovana Tavares da Silva, tinha 8 anos de idade.

Veja também:
Pesquisa mostra que para 53% praças estão malconservadas
Motorista de apps vai contribuir com INSS


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo