Tenente-coronel faz família refém há mais de onze horas no Rio de Janeiro

Por Metro Jornal

Há mais de onze horas, um tenente-coronel do Exército faz a família refém em Cascadura, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo testemunhas, a esposa do homem gritou na varanda por ajuda aos porteiros e vizinhos por volta das 20h, depois de ser agredida.

Policiais militares e equipes do BOPE (Batalhão de Operações Especiais), acompanhados de um major do Exército e uma psicóloga, negociam a liberação da mulher e dos filhos do oficial.

Veja também:
Moradores do ABC afetados por ‘água marrom’ ignoram desconto na conta
Manifestações contra cortes na educação começam cedo em várias cidades do país

A família da esposa chegou ao local de madrugada. O pai da vítima acusa o militar de agredir constantemente a sua filha, que já teria feito uma denúncia, mas tinha medo de pedir o divórcio.

A polícia informou que mantém um atirador de elite de prontidão em um edifício próximo. Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também está estacionada no local.

Cascadura reféns prédio tenente-coronel José Lucena/Futura Press

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo