Escolas e faculdades particulares em SP suspendem atividades em protesto pela educação

Por Lais Pagoto - Especial para o Metro Jornal

Mais de 30 escolas particulares de São Paulo suspenderam suas atividades nesta quarta-feira (15). O Colégio Equipe, a Fapcom e a PUC (Pontifícia Universidade Católica) estão na lista dos colégios que aderiram à manifestação convocada por estudantes após o corte de 30% no orçamento das universidades e o fim de bolsas para pesquisa.

De acordo com a Folha de S. Paulo, os colégios Bandeirantes e o Dante Alighieri, dois dos mais tracidionais da capital paulista, irão funcionar normalmente.

O Sinpro-SP (Sindicato dos Professores de São Paulo) divulgou a lista de escolas que estão participando da paralisação. Confira:

• Alecrim

• Alecrim Dourado

• Anima

• Arco

• Arraial das Cores

• Bakhita

• Casa de Aprendizagens

• Equipe

• Escola Livre Aretê

• Espaço Brincar

• Estilo de Aprender

• Fapcom

• Gracinha

• Invenções

• Lycée Pasteur (no período da tarde)

• Maple Bear Jaguaré

• Maria Imaculada (Ipiranga)

• Marupiara

• Miguilim

• Oswald de Andrade

• Politeia

• Ponto de Partida

• PUC SP

• Recreio (no período da tarde)

• Santa Cruz

• Santa Isabel

• Santa Maria (Fundamental II e Médio, no período da tarde)

• Santi

• São Domingos

• Vera Cruz

• Viva

• Waldorf Francisco de Assis

• Waldorf Micael

• Waldorf São Paulo (no período da tarde)


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo