Após 14 horas fazendo família refém, militar se entrega no Rio de Janeiro

Por Metro Jornal

Após quase 14 horas, o tenente-coronel do Exército André Luiz se entregou para a Polícia Militar do Rio de Janeiro por volta das 9h50 desta quarta-feira (15).

Ele mantinha a mulher e filhos reféns em seu apartamento em Cascadura, zona norte da capital fluminense desde as 20h de terça (14). De acordo com a polícia, as vítimas foram sequestradas sem ferimentos e receberam cuidados médicos.

Veja também:
Escolas e faculdades particulares em SP suspendem atividades em protesto pela educação
Moradores do ABC afetados por ‘água marrom’ ignoram desconto na conta

O porta-voz do Bope (Batalhão de Operações Especiais), tenente Moreira, afirmou que nenhum tiro foi disparado, mas que os policiais encontraram uma pistola dentro do apartamento. “Estava emocionalmente desgastado ao longo das negociações”, afirmou aos jornalistas.

Segundo testemunhas, a esposa do homem gritou na varanda por ajuda aos porteiros e vizinhos depois de ser agredida. Policiais militares e equipes do BOPE (Batalhão de Operações Especiais), acompanhados de um major do Exército e uma psicóloga, participaram da negociação. Detido, o tenente-coronel foi levado para a 29ª DP (Madureira).


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo