Operação contra pirataria fecha lojas no Brás

Por Metro Jornal

Uma operação com 150 agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e mais de 100 pessoas da prefeitura e autarquias fechou estabelecimentos que vendiam produtos piratas no Brás, região do centro de São Paulo.

Quatro estabelecimentos na rua João Teodoro foram fiscalizados e apenas um tinha alvará de funcionamento. Nestes estabelecimentos, funcionavam cerca de 500 boxes vendendo roupas e produtos falsificados. Os três estabelecimentos foram lacrados e o último terá 5 dias para apresentar defesa. Toda mercadoria dos boxes foi apreendida.

A polícia também identificou galpões nos andares superiores onde a mercadoria ilegal era estocada.  Segundo o delegado Wagner Carrasco, titular da 1ª Delegacia de Investigações Sobre Propriedade Imaterial (Antipirataria), somente nesta terça-feira foram apreendidos 36 toneladas de itens irregulares.

“Todos os indivíduos identificados como responsáveis pelos boxes responderão criminalmente por isso”, afirmou o delegado.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo