Reunião nesta quinta pode decidir greve dos motoristas e cobradores de SP

Por Metro Jornal

Na próxima quinta-feira, os motoristas e cobradores de ônibus da cidade fazem assembleia para avaliar o atendimento a suas reivindicações da campanha salarial e podem decidir entrar em estado de greve.

O sindicato fez assembleias ontem com os trabalhadores nas garagens. Foram apresentadas as reivindicações: reajuste pela inflação mais aumento real de 3% – o que daria alta de 7% nos salários – e garantia dos empregos. O sindicato patronal ofereceu reajuste de 4,18%.

O movimento desta segunda-feira atrasou a saída de ônibus em 13 garagens, segundo a Prefeitura de São Paulo, especialmente na zona sul.

Nesta terça-e quarta, o sindicato programa ida aos terminais com carro de som para falar da campanha salarial aos passageiros de ônibus.  


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo