Pela 1ª vez em 2 anos, total de multas cresce na cidade de São Paulo

Por Metro Jornal

Depois de dois anos em queda, o total de multas de trânsito na cidade de São Paulo voltou a subir em janeiro deste ano, segundo dados do Painel de Mobilidade Segura. Foram 871.903 autuações no primeiro mês de 2019, ante 797.363 do mesmo período em 2018, uma alta de 9,3%.

Os dados dão conta de que 77,96% das multas são aplicadas por radares. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a cidade tem 894 equipamentos – 887 fixos e 7 radares pistolas.

A infração campeã é o excesso de velocidade. Foram 365,9 mil, quase 7% a mais do que as 342,4 mil registradas por esse mesmo motivo em janeiro de 2018.

Túnel Ayrton Senna

Como o Metro Jornal mostrou em fevereiro, o equipamento que mais flagra infrações atualmente na cidade é o instalado no túnel Ayrton Senna. Ali, 20.173 multas foram aplicadas no mês de janeiro, sendo 19.977 por excesso de velocidade. A máxima permitida no túnel é de 50 km /h.

O equipamento foi instalado em julho do ano passado, no sentido marginal Pinheiros, sob justificativa do alto número de acidentes no local especialmente devido à alta velocidade.

A CET, em nota, disse que não trata as multas como “fonte de receita, mas como forma de punir infratores que desrespeitam as leis de trânsito.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo