Villa MIx: dupla sertaneja suspende licença do uso da imagem até caso de violência ser apurado

Por Band News FM

A dupla sertaneja Jorge e Mateus suspendeu por prazo indeterminado a licença concedida de uso do nome artístico e imagem dos cantores à casa noturna Villa Mix, na zona sul de São Paulo, até que seja concluída uma investigação e apuração de mais um caso envolvendo agressão de clientes pelos seguranças do local.

Os artistas emitiram uma nota dizendo repudiar o uso de violência em qualquer situação, sobre o relato de uma mulher agredida no último domingo, dia 5.

Taynara Diniz, de 29 anos, falou com a Band News FM, mas não quis gravar entrevista por estar muito abalada.

LEIA TAMBÉM:
Pichadora despenca do 5º andar de um prédio do centro de SP
Mortes por insuficiência cardíaca aumentam em adultos mais jovens

Ela conta que, após um desentendimento com um homem na pista de dança, foi levada para uma sala e espancada por cinco seguranças.

Taynara levou socos na cabeça, nos olhos, costas, chutes nas pernas, teve o vestido rasgado.

As agressões só pararam quando ela fingiu desmaiar.

Os casos de agressões são frequentes e ocorrem desde a inauguração da boate, em 2012.

Em 2017, a Band News FM fez uma reportagem contando que duas jovens foram agredidas e torturadas por seguranças da casa noturna.

Segundo as amigas, foram 15 minutos presas em uma área restrita do Villa Mix levando tapas, socos e chutes, sem que nenhum segurança pedisse os documentos das duas.
Uma delas contou que ao serem jogadas para fora da casa noturna, ela e a amiga chamaram a polícia e registraram o caso na delegacia, onde ela passou por um exame de corpo de delito.

Em 2015, funcionários da casa noturna foram acusados de discriminação.
Frequentadores contaram que negros, obesos, pessoas humildes e consideradas feias eram constantemente barrados na porta.

O caso fez com que o estabelecimento assinasse um termo Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público em que se comprometeu a não realizar nenhum tipo de seleção.

Em nota, a assessoria de imprensa do Villa Mix diz que a empresa terceirizada que faz a segurança do local continua sendo a mesma desde a inauguração: a "Santo Segurança".
Segundo o comunicado, o que ocorrem "desentendimentos entre os próprios clientes, que são prontamente contidos pelos seguranças para assegurar a integridade física dos frequentadores".


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo