Michel Temer se entrega na sede da PF em São Paulo para voltar à prisão

Por Metro Jornal

O ex-presidente Michel Temer (MDB) se entregou à Polícia Federal na tarde desta quinta-feira (9). O TRF-2 (Tribunal Regional Federal da Segunda Região) reverteu a decisão que concedeu habeas corpus em favor do político e de João Batista Lima Filho, o coronel Lima.

Na noite de quarta (8), o político disse a jornalistas que teve uma “surpresa desagradável”. “Eu a considero [a decisão] equivocada sob o ponto de vista jurídico, mas eu amanhã [hoje] me apresento voluntariamente e ao mesmo tempo, já falei com meu advogado, que vai apresentar um habeas corpus ao STJ [Superior Tribunal de Justiça]”, afirmou.

Acompanhado de um comboio, Temer deixou sua casa no Alto de Pinheiros, zona oeste de São Paulo, por volta das 14h40. Ele chegou na sede da Polícia Federal na Lapa, também na zona oeste, por volta das 14h55.

A expectativa era que o ex-presidente já se entregasse no período da manhã, o que não aconteceu – ele passou o dia reunido com familiares e advogados. No começo da tarde, a juíza Caroline Figueiredo, substituta na 7ª Vara Federal Criminal do Rio, expediu o mandado de prisão. Ela deu o prazo de até 17h para Temer se apresentar, caso contrário agentes o buscariam em sua residência.

A prisão de Temer se refere à denúncia de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa envolvendo propinas em obras da usina nuclear Angra 3, operada pela Eletronuclear.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo