Após incêndio, Museu da Língua Portuguesa deve reabrir em 2020; veja novidades

Por Metro São Paulo
Museu da Língua Portuguesa obras Roberto Casimiro/Fotoarena/Folhapress

O Museu da Língua Portuguesa, na estação da Luz (centro), irá reabrir no primeiro semestre do ano que vem, depois de ser fechado por causa do incêndio ocorrido em 2015. As obras, que são realizadas desde dezembro de 2016, têm previsão de acabar no dia 31 de outubro.

Mas ainda haverá um prazo de seis meses depois do término para instalação dos equipamentos internos e de todos os materiais que serão expostos, de acordo com o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.

E o museu irá reabrir com uma novidade: agora, o terraço será aberto ao público. O espaço terá um café e trará vista panorâmica para algumas áreas do centro de São Paulo, como o parque da Luz e a própria estação de trem.

De acordo com a curadora do museu, Isa Ferraz, o primeiro andar continuará sendo das exposições temporárias, que mudam a cada seis meses. O segundo mostrará a história de como a língua portuguesa se constituiu, desde o latim até os dias de hoje. E o terceiro pavimento, chamado de “O que pode essa língua”, mostrará a língua atual de uma maneira mais poética e terá a entrada para o terraço.

“A ideia é transformar o museu em uma catedral da língua, com suas riquezas”, conta a gerente geral do patrimônio de cultura da Fundação Roberto Marinho, Lúcia Basto. “E fazer as pessoas saírem de lá com orgulho da língua portuguesa.”

As obras das fachadas e do telhado já foram concluídas, dando fim ao grosso da reforma. Na reta final, o foco é a parte interna.
A data da reabertura oficial, para o público, será decidida no início de outubro, quando as obras estiverem quase finalizadas.

Museu da Língua Portuguesa obras Obras no terceiro andar do museu, que será um espaço novo / Roberto Casimiro/Fotoarena/Folhapress

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo