'Inova Educação': Escolas estaduais terão mais aulas por dia e novas disciplinas a partir de 2020

Por Metro Jornal

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (6) mais novidades para o ensino estadual. A partir de 2020, os estudantes terão sete aulas por dia, totalizando 15 minutos a mais dentro da sala.

Até então, alunos da rede pública do Estado tinham seis aulas de 50 minutos, totalizando seis horas. Cada aula passará a ter 45 minutos, e os estudantes sairão às 12h35 ao invés das 12h20 – no período vespertino, o encerramento passa das 18h20 às 18h35.

Veja também:
Ministério da Economia abre 234,4 mil vagas temporárias no IBGE
Polícia Rodoviária apreende 400 mil maços de cigarros contrabandeados no interior paulista

Outra mudança revelada no projeto para a grade do próximo ano letivo, entitulado “Inova Educação”, é a adição de duas disciplinas no currículo. Uma delas é “projeto de vida”, que foca em atividades para “buscar objetivos e sonhos e desenvolver cidadania e ética”.

Já a outra é eletiva, dando a opção ao aluno de escolher qual matéria irá prestar – entre as opções estão disciplinas como teatro, comunicação, empreendedorismo e educação financeira.

Férias divididas

No fim de abril, Doria já havia anunciado uma mudança no calendário escolar a partir do ano que vem. Os atuais dois períodos de férias no meio e no fim do ano serão reorganizados para quatro, sendo uma semana em abril, duas em julho, uma em outubro e 30 dias entre dezembro e janeiro.

A justificativa é que períodos menores de descanso melhora o nível de aprendizagem dos alunos. A mudança mantém os 200 dias letivos conforme previsto por lei.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo