Protestos na Venezuela deixam dois mortos

Por Rádio Bandeirantes

O Observatório Venezuelano de Conflito Social divulgou a segunda morte em protestos na Venezuela. Jurubith Rausseo García foi atingida na quarta-feira (1) por um tiro na cabeça em Altamira, Caracas.

Também foi registrada a morte de Samuel Enrique Méndez, de 24 anos. As manifestações devem continuar nesta quinta-feira (2) em várias regiões do país.

Leia mais:
Crise na Venezuela pode fazer subir preço da gasolina no Brasil, diz Bolsonaro
Bolsonaro equipara Olavo de Carvalho e ministros a Hamilton Mourão em condecoração

O autoproclamado presidente, Juan Guaidó, defende a paralisação geral no território venezuelano. Já Nicolás Maduro diz que os responsáveis pelo levante serão julgados por crimes contra a Constituição.

Segundo Maduro, se tivesse mandado tanques para enfrentar a oposição teria acontecido um massacre entre venezuelanos.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo