Inadimplência: 63 milhões estão com o nome sujo

Por Metro Jornal

O número de pessoas com o nome sujo ou com dívidas em atraso alcançou 63 milhões em março, segundo a Serasa Experian. É o maior patamar desde o início da série histórica, iniciada em 2016. Com isso, 40,3% da população adulta está inadimplente no Brasil.

Em relação a março de 2018, 2 milhões de pessoas entraram para a inadimplência, alta de 3,2%.  


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo