'Erro de cálculo': governo do Sri Lanka reduz em mais de 100 número de mortos em atentado

Por Ansa

O governo do Sri Lanka reduziu para "cerca de 253" o número de mortos nos atentados do último domingo (21), mais de 100 a menos que os 359 que haviam sido noticiados anteriormente.

Segundo o ministro da Saúde do país asiático, Rajitha Senaratne, houve um "erro de cálculo" na contagem de vítimas.

Os atentados ocorreram em hotéis e igrejas da capital financeira do Sri Lanka, Colombo, e na cidade de Batticaloa e foram reivindicados pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), embora o governo culpe um obscuro movimento jihadista local, o National Thowheeth Jama'ath (NTJ).

Mais de 70 pessoas já foram presas por suspeita de envolvimento nos ataques, que vitimaram sobretudo cidadãos do Sri Lanka, porém também mataram mais de 30 estrangeiros. O governo não explicou qual foi o "erro de cálculo" que havia majorado o número de mortos.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo