A pedido de Bolsonaro, BB tira do ar e demite diretor por propaganda ilustrando diversidade

Por Metro Jornal

O Banco do Brasil confirmou, nesta quinta-feira (25), uma ligação do presidente Jair Bolsonaro a Rubem Novaes (presidente do BB), pedindo a retirada de uma campanha publicitária dirigida ao público jovem.

A propaganda mostrava atores que representavam a diversidade racial e sexual, com participação de jovens negros e uma mulher transexual.

Confira a publicidade do BB a seguir:

O vídeo está no ar desde o início de abril, sendo suspensa no dia 14. Bolsonaro teria solicitado a retirada da campanha, bem como a demissão do então diretor de marketing do Banco, Delano Valentim.

O caso foi exposto pelo jornal O Globo hoje. O presidente do BB afirmou que a decisão foi tomada em consenso.

A assessoria de Jair Bolsonaro ainda não se manifestou sobre o ocorrido.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo