Projeto oferece livros de graça em estação do Metrô

Por Metro Jornal

Não é incomum esquecer um livro no Metrô. Normalmente, o exemplar vai parar no Achados e Perdidos, onde os itens ficam por no máximo 60 dias. E depois, o que fazer com os livros que não foram resgatados?

Desde ontem, essas obras fazem parte do projeto Achados na Leitura. Duas estantes foram colocadas na plataforma da estação Brigadeiro, da linha 2-Verde, e os passageiros que passam por lá podem retirar os livros gratuitamente.

A ideia é que, depois de ler, o livro seja devolvido para que  outra pessoa possa desfrutar da obra. Entre os títulos há best-sellers de Dan Brown, Sidney Sheldon e Jô Soares e infantis.

O projeto piloto foi lançado ontem, dia Mundial do Livro, com o lema “Alguém perdeu, nós achamos e todos lemos”. Os passageiros do Metrô também podem doar seus próprios livros.

As estantes serão itinerantes e vão mudar de estação a cada dois meses, para que passageiros de todas as linhas possam participar da iniciativa, que visa estimular a leitura.   


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo