PM prende assaltantes de roubo que terminou em atropelamento de menino de cinco anos

Por Rádio Bandeirantes

A PM (Polícia Militar) prendeu dois homens e uma mulher pelo roubo da padaria que resultou na morte de um menino por atropelamento. Eles estavam com o mesmo carro que aparece em imagens da perseguição policial em Aricanduva, na zona leste, no último sábado (20).

Os policiais envolvidos foram afastados temporariamente. A suspeita é de que os militares que perseguiam os assaltantes perderam o controle do veículo, subiram na calçada e bateram em um poste.

Leia mais:
VÍDEO: Vazamento de água na avenida Interlagos complica trânsito na região
Governo aceita mudanças na reforma da Previdência

Thayana e Leandro dos Santos, que voltavam da casa da avó dela, foram atropelados por um dos carros, e o menino morreu na hora. A mãe, que trabalha como monitora de escola, continua internada em estado grave no Hospital Santa Marcelina.

A polícia disse que o veículo que estava com os bandidos tem uma batida na frente, do lado direito, e agora vai investigar se foi esse o carro que atropelou mãe e filho. Os oficiais Wellington Dias Silva e Lucio Fernandes Lima Kruger prestaram depoimento no domingo (21) após serem liberados do hospital.

Eles alegaram que perderam os sentidos com o impacto e que não se lembram se atropelaram as vítimas. Uma tia da criança, Luana, disse que um morador da região que estava em um bar viu que a viatura atingiu as vítimas. A polícia está atrás desse homem para que ele preste depoimento.

O corpo de Leandro dos Santos foi enterrado na última segunda-feira (22) no cemitério da Vila Formosa, na zona leste.

A Polícia Militar recuperou computadores e televisores roubados da padaria, além de maços de cigarro. Os bandidos, que estão presos, garantem que não atropelaram ninguém.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo