Peixes da Semana Santa estão mais caros

Por METRO e Jornal da Band

O consumidor vai desembolsar mais na hora de comprar peixes para o almoço do feriado de Páscoa. Segundo projeções da Apas (Associação Paulista de Supermercados), os produtos estão até 15% mais caros neste ano.

O tradicional bacalhau teve alta de 7,7% nos preços, refletindo o câmbio próximo dos R$ 4 em 2019. “A produção externa consegue atender o consumidor brasileiro, pois há novas frentes de importadoras que abriram em países como Portugal e China para competir com os noruegueses. É por isso que nos supermercados é o câmbio quem dita se o bacalhau estará mais barato ou caro nas gôndolas”, diz Thiago Berka, economista da Apas.

O preço varia de acordo com o tipo de peixe. O bacalhau do Porto pode ser encontrado por R$ 78 e R$ 98 o quilo. Em lascas, o valor cai para R$ 60. “O preço está mais salgado que o bacalhau”, diz o aposentado Elcio Almeida.

E o consumidor também deve ficar atento: nem todo peixe vendido como bacalhau é bacalhau mesmo. “O original é o [Gadus] macrocephalus e o [Gadus] morhua. Saithe, Zarbo e Ling são ‘tipo’ bacalhau, orienta o comerciante Marco Antonio Roberti.

Segundo a Apas, os preços outros peixes tradicionais da Semana Santa também subiram. A maior elevação foi registrada pela pescada, de 15%.   

preço peixe páscoa Arte / Metro Jornal
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo