Rio de Janeiro decreta estado de calamidade pública após semana de chuvas

Por Metro Jornal

A cidade do Rio de Janeiro entrou nesta quinta-feira (11) em estado de calamidade pública após os fortes temporais que atingiram o município durante a semana. A medida permite que a prefeitura altere serviços e verbas em caráter excepcional sem passar pela Câmara Municipal.

O decreto, publicado no Diário Oficial, tem validade de 180 dias. O prefeito Marcelo Crivella (PRB) também decidiu liberar R$ 40 milhões em verbas, contingenciadas desde fevereiro, para obras de drenagem e manutenção da rede de água da cidade.

Veja também:
Suspeitos de venderem armas para autor do massacre de Suzano são presos
Paulo Maluf deve pedir extinção de prisão domiciliar por doença grave

Outra possibilidade com o Estado de Calamidade Pública é a realização de contratação de serviços sem a necessidade de licitação – o que acelera o processo para trabalhos emergenciais.

A capital fluminense encarou na segunda-feira (8) o seu pior temporal em 22 anos, de acordo com o Alerta Rio. Dez pessoas morreram e bairros ficaram alagados. Desde às 20h55, o município enfrenta o estágio de crise. Já são mais de 60 horas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo