Primeiras lojas autônomas sem fila chegam ao Brasil

Por Metro Jornal

Já imaginou fazer as suas compras sem passar no caixa, sem filas, em um processo totalmente automatizado? Isso já é uma realidade, e chegou ao Brasil.

O Metro Jornal visitou a Zaitt, a primeira loja autônoma do Brasil, localizada no Itaim Bibi, na zona sul de São Paulo, que funciona 24 horas, sem atendentes, filas e caixas. O único funcionário é o repositor. Tudo é feito pelo próprio cliente.

O processo é bem simples. O cliente baixa o aplicativo da loja no celular e cadastra o cartão de crédito. No mercado, escaneia um código QR – uma espécie de código de barras –, que libera a entrada. Lá dentro, os produtos são dispostos em prateleiras de forma convencional.

A novidade fica por conta do pagamento, que é totalmente virtual. Ao entrar numa cabine, todos os produtos são reconhecidos automaticamente por meio de um sensor. Um monitor faz o papel de caixa, mostrando tudo o que foi pego. A porta se abre para a saída após confirmação do pagamento pelo cartão.

A loja não é à prova de furtos. “A gente tem uma série de controles para isso, mas a nossa preocupação sobre roubo é menor que a de qualquer outro varejista”, diz Christian Abramson, diretor de marketing da Zaitt.

A primeira loja da rede foi inaugurada há dois anos em Vitória, no Espírito Santo. “Não fomos a primeira loja autônoma do mundo, mas das Américas, sim”, afirma.

O bancário Amauri Lellis, 49 anos, faz um alerta sobre os empregos que serão perdidos com a novidade. “Eu sou adepto a essas inovações, mas a gente tem que pensar nas pessoas que estamos tirando os empregos”, conta.

Questionado sobre o futuro, Abranson diz que há espaço para todos. “Existem pessoas que ainda gostam do olho no olho. O futuro não será de lojas sem funcionários, mas inclui lojas sem funcionários”, afirma.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo