Bombeiros passam a fiscalizar e a poder multar e interditar imóveis; entenda

Por Metro Jornal

O Corpo de Bombeiros de São Paulo passou a ter na terça-feira (9) poder de polícia, podendo vistoriar, interditar e até multar imóveis que estejam irregulares e com problemas de segurança.

A atividade de fiscalização tem como objetivo verificar o cumprimento das medidas contra incêndios, se a edificação possui licença válida e se os sistemas de proteção contra incêndios, como extintores e saídas de emergência, estão em perfeitas condições de funcionamento.

Veja também:
Patinetes de aluguel que circularem em calçadas serão apreendidos
Guedes fala em reduzir em 50% o preço do gás de cozinha

Os imóveis que não estiverem de acordo com o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) – documento que certifica que o local está dentro das normas – e estiverem em situação de risco iminente à vida poderão ser multados ou interditados temporariamente pelos bombeiros até que a situação seja regularizada.

Com a lei, cerca de 80 bombeiros poderão vistoriar a qualquer hora o local caso não exista normas de prevenção contra incêndios na edificação ou haja problema estrutural que comprometa a segurança, mesmo que o proprietário não solicite a vistoria.

O projeto de lei tinha um código de emergência que previa esse o poder de polícia desde 2015, mas somente este ano que a Prefeitura de São Paulo regulamentou as normas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo