Vacina experimental contra câncer promete 'ensinar o corpo a destruir tumores'

Por Metro Jornal

Pesquisadores do hospital Monte Sinai, em Nova York (EUA), estão conduzindo testes para uma nova vacina, injetada diretamente em tumores, que pretende estimular a ação de células que combatem o câncer.

Os resultados foram divulgados no jornal Daily Mail.

Apesar de ser chamado de "vacina", o tratamento não previne o câncer, mas ensina o corpo a lutar contra ele. Até agora, onze pacientes receberam a substância, e alguns entraram em remissão – fase da doença em que os sinais de atividade dos tumores são reduzidos.

Três pacientes, acometidos por linfoma, chegaram a ficar em remissão por anos.

Os pesquisadores afirmaram estar "extremamente otimistas" sobre os efeitos do tratamento, chamado de imunoterapia, e conduzirão mais testes futuramente.

Além do linfoma – câncer que afeta as células do sangue responsáveis por combater infecções –, cientistas também testarão a efetividade da vacina contra câncer de fígado e ovário.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo