Condenado no caso Eliza Samúdio, Bola vai a júri de novo

Por Metro Belo Horizonte

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, mais conhecido como Bola, condenado pelo assassinato de Eliza Samúdio, ex-namorada do goleiro Bruno, será julgado novamente nesta quarta-feira (10) em Belo Horizonte.

Segundo o TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), Bola é acusado do homicídio de um motorista em 2009, no bairro Juliana, região Norte da capital. Outro suspeito de envolvimento no crime é o comerciante Antônio Osvaldo Bicalho, que teria, segundo a denúncia do Ministério Público, contratado o ex-policial para matar o motorista após descobrir que ele tinha um caso amoroso com sua esposa.

Os dois foram indiciados por homicídio duplamente qualificado, mediante promessa de recompensa, e dificuldade de defesa para a vítima. Bola foi condenado em 2013. Ele está preso na Casa de Custódia da Polícia Civil em Belo Horizonte.

Veja também:
Bolsonaro diz que mais de 90% das metas dos 100 dias serão cumpridas
Operação prende três ex-secretários de Saúde do Distrito Federal

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo