Santo André autoriza saque do FGTS para as vítimas da chuva

Por Metro ABC

Os moradores de Santo André que tiveram suas casas inundadas com as chuvas ocorridas nos primeiros meses de 2019 poderão sacar, a partir desta terça-feira (9) o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A medida foi assinada entre a Caixa e a prefeitura municipal. Os interessados em adquirir o benefício devem comparecer a qualquer uma das agências do banco no ABC, com o laudo municipal feito pela Assistência Social , cadastrado no sistema de Defesa Civil. O limite é de R$ 6.220 por conta.

As enchentes do início de ano causaram a morte de dez pessoas na região, sendo quatro em Ribeirão Pires (deslizamento de casa), três em São Caetano, duas em Santo André e uma em São Bernardo (afogamento).

Veja também:
Futuro de prédio abandonado da USP deve ser definido em breve, diz diretor do Cietec
Polícia do Rio fecha 12 depósitos de produtos falsificados avaliados em R$ 12 milhões

Desde o dia 14 de março, o governo do estado autorizou a liberação do valor às famílias que sofreram com perdas durante o período chuvoso na região. Porém, somente São Bernardo deu início a liberação desses recursos. As 2.998 famílias da cidade que tiveram prejuízos, já têm o valor disponível no banco. Em Santo André, 1.300 famílias estão cadastradas no sistema que permite o repasse.

Os benefícios aos moradores da região também acontecem em relação as contas de água. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) concedeu o desconto para os morares do ABC. Porem, serão beneficiadas apenas as famílias que tiveram aumento na conta entre os dias 11 de março a 11 de abril período em que as tempestades atingiram as cidades.
Em Santo André, seis pessoas pediram esse desconto, até o momento, e 162 famílias solicitaram o benefício no IPTU (Imposto Predial eTerritorial Urbano).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo