Polícia do Rio fecha 12 depósitos de produtos falsificados avaliados em R$ 12 milhões

Por Metro Rio com Band

Policiais civis da DRCPIM (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial) fecharam, no domingo (7), 12 depósitos de produtos falsificados e contrabandeados que eram vendidos no Centro. A operação foi batizada de Esculhambação. O nome é uma referência a um discurso em que o prefeito Marcelo Crivella (PRB) fala que “o Rio é uma esculhambação”.

Durante dois meses, os policiais à paisana monitoraram os camelôs e, assim, descobriram onde eles armazenavam os produtos. Os depósitos funcionavam em casarões abandonados da região do Centro. Na ação, foram apreendidas 9 toneladas de produtos ilegais, avaliadas em R$ 2 milhões.

Veja também:
Homem morre baleado por militares no Rio de Janeiro; vítima era segurança e músico
Muro desaba em cima de 11 carros em Curitiba

“Atualmente, a maior parte das falsificações já não vem do Paraguai, mas por via marítima, de países da Ásia”, destacou o delegado Maurício Demétrio.

Dez pessoas foram detidas e conduzidas para a Cidade da Polícia, no Jacarezinho, na zona norte. Entre elas, está um homem com mandado de prisão em aberto por roubo, e cinco estrangeiros. Eles podem responder pelos crimes de falsificação e receptação.

apreensão pirataria Divulgação/PCERJ
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo