Bolsonaro demite Ricardo Vélez do MEC; Abraham Weintraub assume a pasta

Por Metro Jornal

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta segunda-feira (8) a exoneração do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez. O anúncio foi feito em sua conta na rede social Twitter.

Antes do anúncio, Bolsonaro e Vélez se reuniram no Palácio do Planalto. Na sexta-feira (5), o presidente já havia sinalizado a saída do ministro, ao relatar que à jornalistas que faltava gestão na pasta.

Leia declaração de Jair Bolsonaro:

O novo ministro do MEC (Ministério da Educação) será o até então secretário-executivo da Casa Civil Abraham Weintraub. “Doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta”, disse Bolsonaro em seu anúncio.

Ricardo Vélez Rodriguez é o segundo ministro de Bolsonaro a ser demitido desde o início do governo – o outro foi Gustavo Bebianno, ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

Durante a gestão, Vélez também protagonizou polêmicas, como quando disse que as universidades não são para todos ou quando afirmou querer mudar livros didáticos para revisar a forma como o golpe militar e a ditadura são tratados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo