Tiroteio termina com onze assaltantes mortos em Guararema; quadrilha tentou roubar bancos

Por Metro Jornal

Onze assaltantes de um grupo de cerca de 30 criminosos foram mortos durante um tiroteio com a polícia na madrugada desta quinta-feira (4), em Guararema, na Grande São Paulo. A quadrilha assaltava duas agências bancárias no centro da cidade por volta das 4h. Uma pessoa foi presa.

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) e a Polícia Civil estavam monitorando a quadrilha que realizava assaltos a bancos no Estado de São Paulo e tiveram a informação de que eles agiriam durante esta madrugada. A intervenção ocorreu antes de que os bandidos acionassem os explosivos da segunda agência.

Durante a fuga houve perseguição e troca de tiros. Nenhum policial ficou ferido.

Veja também:
Muro de vidro da USP faz um ano, não está concluído e tem peças quebradas
Prefeitura de São Paulo promete tapar 38 mil buracos

Parte do grupo fugiu por estradas rurais da região, e outra chegou a invadir a casa de uma família. Os criminosos contavam até com miguelitos – artefato de pregos feito para estourar pneus de veículos.

Um dos bancos que o grupo tentou invadir ficava ao lado da delegacia de polícia da cidade. A polícia apreendeu 15 fuzis, um maçarico, coletes a prova de balas e munições. Equipes do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) trabalham para desarmar explosivos que não foram acionados e buscar outras bombas nos carros usados pela quadrilha.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo