MP investiga racismo em lanchonete

Por Metro Jornal

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito para investigar um caso de racismo institucional que ocorreu em uma franquia da rede de fast-food McDonald’s.

Uma mulher negra tentou comprar um sorvete para seus dois filhos em um quiosque da rede em frente a uma unidade da lanchonete. Ao dar o cartão do Bolsa Família, que pode ser usado como cartão de débito, um segurança a impediu de realizar a compra. Segundo a vítima, o funcionário a abordou gritando: “Não é para ficar pedindo aí não! Sai fora!”.

O promotor do caso quer investigar a conduta da empresa diante da situação. Em nota, o McDonald’s afirmou “que não compactua com nenhum tipo de discriminação e está realizando a apuração interna sobre o caso” e que afastou o funcionário envolvido.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo